Início Telemedicina

STT ultrapassa o armazenamento de 4 milhões de exames

Prestes a completar 10 anos, o Sistema de Telemedicina e Telessaúde de Santa Catarina ultrapassa o armazenamento de 4 milhões de exames realizados em todos os municípios do estado.

Com as modalidades de teletrocardiograma e teledermatologia realizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) junto às análises clínicas e exames radiológicos realizados em hospitais, pode-se dizer que o STT já beneficiou mais de 50% da população nos 296 municípios catarinense.

Além do diagnóstico e encaminhamento dos pacientes, por meio do sistema o número de exames médicos impressos e o deslocamento para realização de exames foi reduzido drasticamente com o uso da tecnologia e aplicativos para dispositivos móveis. Outra modalidade do sistema é executado pelo Telessaúde que disponibiliza videoaulas, webconferências e teleconsultorias à profissionais de saúde e usuários do sistema.

No mês de abril o número de eletrocardiogramas também atingiu a meta de um milhão de exames laudados pelos médicos do STT.

 


Municípios recebem equipamentos dermatológicos

Desde o início de fevereiro os novos kits dermatológicos vem sendo entregues às Unidades Básicas de Saúde dos municípios catarinenses. A expectativa é que até o fim do ano todas as cidades do Estado possuam o equipamento que possibilita a realização e o diagnóstico de doenças da pele, como o Câncer de Pele. Os profissionais da saúde de cada UBS realizam capacitações para execução e envio de exames dermatológicos. Conheça as cidades que receberam os equipamentos nos últimos dias: Teledermatologia do STT/SC. 


 


Nova seção do site resgata reportagens publicadas na mídia

Próximo de completar dez anos de existência, o Sistema de Telemedicina reúne matérias e reportagens publicadas na mídia ao longo do tempo. Releia o conteúdo e conheça um pouco da trajetória do STT/SC.


Unidades hospitalares administradas por Organizações Sociais aderem ao Sistema de Telemedicina Catarinense

Reunião 24-02 Nesta terça-feira, 24 de fevereiro, ocorreu a reunião de oficialização do uso da plataforma de software do Sistema Integrado Catarinense de Telemedicina e Telessaúde – STT/SC nos hospitais administrados por Organizações Sociais (OS) no estado.

A adesão possibilitará a economia de compra de software e custos operacionais, como locomoção e impressão de exames médicos. Nas próximas semanas as unidades hospitalares devem receber as primeiras visitas e em seguida ocorrerá a implantação do sistema.

O resultado desta reunião implicará na formação do maior e mais completo banco de dados de exames de imagem e laudos médicos dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Leia+


Ministério da Saúde lança campanha de prevenção contra Hanseníase

Email Mkt Profissionais de Sau¦üde O Brasil é o segundo país com maior incidência de Hanseníase no mundo.

Em 2014 foram detectados 31.044 novos casos. Em Santa Catarina, no ano passado foram registrados 127 casos novos – 27 casos a menos do que os 154 detectados em 2013.

A prevenção da doença se dá através do diagnóstico de novos casos e do tratamento adequado de pacientes contaminados pelo Bacilo de Hansen.

Saiba mais sobre a Hanseníase.