Oeste recebe 21 aparelhos dermatoscópios

Oeste recebe 21 aparelhos dermatoscópios

Fonte: Governo de Santa Catarina – Regional Chapecó

Nesta sexta-feira, dia 16 de outubro, às 08h30min, no Centro de Eventos em Chapecó, na Sala Welcy Cannals, o Secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinubing, participará do Lançamento de Novos Serviços na Área da Saúde e também entregará 21 dermatoscópios para os Municípios da Região de Saúde do Oeste. No mesmo ato, acontecerá o anuncio da ativação dos serviços de oncologia pediátrica que funcionará no Hospital da Criança e a oficialização do serviço de resgate aéreo de emergência que será feito pelo helicóptero do SaerFron- Serviço Aeropolicial de Fronteira.

Os Municípios beneficiados nesta etapa são: Águas Frias, Caxambú do Sul, Chapecó, Cordilheira Alta, Coronel Freitas, Guatambú, Nova Erechim, Nova Itaberaba, Planalto Alegre, Serra Alta, Águas de Chapecó, Caibi, Cunhataí, Riqueza, Formosa do Sul, Irati, Santiago do Sul, União do Oeste, Arvoredo e Paial. Os Municípios de Sul Brasil, Cunha Porã, Palmitos, São Carlos, Pinhalzinho, Jardinópolis e Quilombo já receberam o equipamento na 1ª Etapa do Projeto.

O treinamento dos técnicos desta Região de Saúde será efetuado no dia 19/10 no Auditório da SDR de Chapecó, no período matutino e vespertino.
“A meta do Governo do Estado é alcançar a cobertura de pelo menos um ponto de envio telediagnóstico em dermatologia por município no Estado”, destaca o Secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinubing.

Ainda neste mês, também está prevista a entrega e treinamento aos técnicos para os Municípios da Região de Saúde de Xanxerê: no dia 19/10 no auditório da SDR de Xanxerê e no dia 20/10 na GERSA de São Lourenço do Oeste. E ainda, para os Municípios da Região de Saúde do Extremo Oeste: no dia 21/10 no período matutino na GERSA de Maravilha e no período vespertino no Auditório AMEOSC em São Miguel do Oeste. Contemplando assim, toda Macrorregião de Saúde do Grande Oeste.

Na Região do Extremo Oeste serão entregues 21 dermatoscópios. Receberão os equipamentos os Municípios: Anchieta, casino online Bandeirante, Barra Bonita, Belmonte, Bom Jesus do Oeste, Descanso, Guaraciaba, Guarujá do Sul, Iporã do Oeste, Iraceminha, Mondai, Paraíso, Princesa, Romelândia, Saltinho, Santa Helena, Santa Terezinha do Progresso, São João do Oeste, São José do Cedro, Saudades e Tunápolis. Já que os Municípios de Dionísio Cerqueira, Flor do Sertão, Itapiranga, Maravilha, Modelo, Palma Sola, São Miguel do Oeste, São Miguel da Boa Vista e Tigrinhos já foram beneficiados na 1ª etapa do projeto.

Na Região de Saúde de Xanxerê serão entregues 16 dermatoscópios. Receberão os equipamentos os Municípios: Bom Jesus, Coronel Martins, Entre Rios, Faxinal dos Guedes, Galvão, Ipuaçu, Jupiá, Lageado Grande, Marema, Novo Horizonte, Ouro Verde, Passos Maia, Ponte Serrada, São Bernardino, São Domingos e Vargeão. Sendo que Abelardo Luz, Campo Erê, São Lourenço do Oeste, Xanxerê e Xaxim já receberam na 1ª etapa do projeto.

Os dermatoscópios foram adquiridos com recurso proveniente da Portaria GM/MS nº 1.229 de 14/06/2012, do Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes, em uma ação integrada entre os serviços de Telemedicina, Telessaúde e Regulação. “A disponibilização dos dermatoscópios, somada à ferramenta do Sistema de Telemedicina e Telessaúde (STT), permite a visualização das lesões de pele por especialista em Dermatologia da SES de forma assíncrona e prévia ao atendimento especializado” explica Dra Carla Tirello Pulga, coordenadora Estadual da Telemedicina.

Esta avaliação das lesões de pele, por meio da Teledermatoscopia, permite a identificação de casos de psoríase, hanseníase, câncer de pele, dentre outras doenças.“Além da qualificação, agilidade no diagnóstico e no encaminhamento, também está sendo possível o gerenciamento da fila de espera da especialidade Dermatologia”, reforça Dr. Daniel Holthausen Nunes, dermatologista responsável pela implantação da Teledermatologia no Estado.

“Ação esta, garantida pela Deliberação nº 366/CIB/13, de 22/08/13, que aprovou a utilização laudo da Teledermatologia como requisito para classificação de risco e regulação dos pacientes que estão ou serão inseridos na fila de espera para a especialidade, no sistema SISREG, administrado pela Central Estadual de Regulação de Consultas e Exames” afirma Dra Lúcia Regina Gomes Mattos Schultz, superintendente de Serviços Especializados e Regulação da SES.

Também foram aprovados por esta Deliberação, o protocolo de classificação de risco, o protocolo de conduta, o protocolo de realização do registro fotográfico e o formulário para solicitação de exames dermatológicos. “Estes instrumentos e o apoio dos dermatologistas do serviço de Telemedicina também vêm auxiliando os profissionais da Atenção Básica, viabilizando ganho em resolutividade no atendimento e evitando deslocamentos desnecessários dos pacientes”, corrobora Geraldo Azzolini da GECOR.