Unidades hospitalares administradas por Organizações Sociais aderem ao Sistema de Telemedicina Catarinense

Unidades hospitalares administradas por Organizações Sociais aderem ao Sistema de Telemedicina Catarinense

Nesta terça-feira, 24, ocorreu a reunião de oficialização do uso da plataforma de software do Sistema Integrado Catarinense de Telemedicina e Telessaúde – STT/SC nos hospitais administrados por Organizações Sociais (OS) no estado. A adesão possibilitará a economia de compra de software e custos operacionais, como locomoção e impressão de exames médicos. Nas próximas semanas as unidades hospitalares devem receber as primeiras visitas e em seguida ocorrerá a implantação do sistema.

O resultado desta reunião implicará na formação do maior e mais completo banco de dados de exames de imagem e laudos médicos dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Além do armazenamento seguro dos resultados médicos no online casino Portal STT, as informações podem ser acessadas através de dispositivos móveis como Tablets e Smartphones.

Estiveram presentes representantes do CEPON (Centro de Pesquisas Oncológicas), gerente da Secretaria Estadual da Saúde (SES), do Hospital Regional de Araranguá, do Hospital Regional de São Miguel do Oeste e Hospital Florianópolis. Participaram ainda o Gerente das Organizações Sociais (GESOS), Gerente dos Complexos Reguladores e a coordenação do Sistema Integrado Catarinense de Telemedicina e Telessaúde – STT/SC.